Notícias

Mais de 100 detidos no Brasil em ação contra violência sobre mulheres

Notícias - 8 de agosto de 2018

Tempo de leitura: 2min

Saiu no site NOTÍCIAS AO MINUTO:

 

Veja publicação original:  Mais de 100 detidos no Brasil em ação contra violência sobre mulheres

.

Mais de 100 pessoas foram detidas terça-feira nos Estados brasileiros de Rio de Janeiro e Minas Gerais por delitos contra a mulher, informaram hoje fontes oficiais.

.

Estas detenções ocorreram no dia do 12.º aniversário da entrada em vigor da designada Lei Maria da Penha contra a violência de género.

.

Em Minas Gerais, no sudeste do Brasil, a Polícia Civil deteve 61 homens suspeitos de violência machista, entre os quais um pai acusado de violar a filha de 14 anos.

.

No Rio de Janeiro, os comissariados de Atenção Especial à Mulher, um dos departamentos da Polícia Civil, mobilizou 75 agentes para cumprir 53 mandados de prisão, quatro dos quais contra acusados por tentativa de feminicídio.

.

“Aproveitamos datas especiais como esta para operações especiais que permitam dar visibilidade ao nosso trabalho. Queremos incentivar as mulheres a contactarem a polícia”, declarou a comissária Gabriela Von Beauvais, titular de um daqueles comissariados, no Rio de Janeiro, em declarações à rede de televisão Globo.

.

Aprovada em 07 de agosto de 2006, a lei Maria da Penha prevê a proteção dos direitos das mulheres e endureceu a punição das agressões às mulheres.

.

Quase uma década depois, em 2015, entrou em vigor a lei do feminicídio, que prevê penas mais graves em casos de crimes motivados pela “discriminação contra a condição de mulher”.

.

Apesar destas iniciativas, o número de mulheres mortas no Brasil em 2017 aumentou 6,5% em relação a 2016 e foi de 4.473. Deste total, pelo menos 946 foram considerados cassos de feminicídio, segundo estatísticas oficiais citadas pelo portal de notícias G1.

.

Com 72.839 denúncias contra a violência machista registadas no ano em curso, segundo a Central de Atenção à Mulher, o Brasil assistiu nos últimos dias a uma onde de crimes contra mulheres.

.

Na segunda-feira, um homem foi preso no Rio de Janeiro depois de confessar o assassínio da sua esposa, grávida, um dia depois de outra grávida ter sido morta pelo marido em Florianópolis, no sul do Brasil.

 

 

 

 

 

.

.

.

.

.

.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *