Mídia

“Fique em casa, mas saia da violência doméstica”

Mídia - 13 de novembro de 2020

Tempo de leitura: 1min

Saiu no BOAS NOVAS MG.

 

Veja a Publicação original.

promotora paulista Gabriela Mansur, conhecida pelo seu trabalho em defesa dos direitos da mulher, criou uma rede de “justiceiras” para apoiar, voluntariamente, mulheres vítimas de violência doméstica. Com 700 profissionais, o grupo é formado por juízas, advogadas, psicólogas, médicas, enfermeiras, assistentes sociais e também por mulheres que foram vítimas de violência.

O tema das “justiceiras” é “fique em casa, mas saia da violência”. Em tempos de quarentena por conta do coronavírus, período em que pode crescer os casos de violência contra mulheres nos lares, a ideia da rede é atender as vítimas por meio do Whatsapp (11) 99639-1212.

A promotora conta que o isolamento social a fez tirar a ideia mais rápida do papel e disse que ficou surpresa com o número de voluntárias que apareceram para ajudar no trabalho da rede.

Veja a Matéria Completa Aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *