12321204_996166237141166_8949386059839460964_n

CONTINUANDO MOVIMENTO PELA MULHER/ SÃO PAULO SAUDÁVEL

Continuando o Movimento Pela Mulher

Foto: Guto Gonçalves

No dia 20 de Março corremos junto com outras duas mil pessoas pela igualdade de gêneros. Foi a segunda edição da corrida Movimento Pela Mulher, mas não é porque as medalhas foram entregues, e porque Abril chegou, que tudo isso ficou para trás. O Movimento pela Mulher vai muito além dos seus quilômetros de prova, e essa discussão deve seguir muito além de Março.

02

                                                                           Foto: Guto Gonçalves

O projeto idealizado por Gabriela Manssur, Déborah Aquino e Paula Narvaez (contamos tudo sobre sua concepção neste artigo), teve uma inesquecível segunda edição. O dia 20 de Março contou com muitos abraços e sorrisos, uma verdadeira festa que celebra conquistas, lutas e possibilidades. A largada, no pátio da Assembléia Legislativa, foi antecedida de um coro à capela de nosso Hino Nacional conduzido pela voz das 3 idealizadoras. Um gesto que bastava em si para alcançar todos seus significados frente ao evento, o local e o momento.

Eu corri no fundão, devagar, conversando com aqueles que me acompanhavam e vendo as pessoas que decidiram estar ali em um domingo de manhã para representar algo maior que elas. Ao cruzar a linha de chegada, vem a medalha, dada não apenas para os campeões, mas para todos que completaram. O gesto já é normal, acompanha o protocolo de todas corridas de rua, mas aqui teve um sentido a mais: completado o desafio proposto, seja qual ele for, o símbolo de recompensa é único e compartilhado por todos. Este é um movimento — cada um tem um porquê de estar ali, mas a razão ganha um só nome capaz de abraçar todos eles.

04-678x1024

03

                                                                           Foto: Guto Gonçalves

O projeto fundado pelo trio, Gabriela, Déborah e Paula, não é só uma corrida, é de fato um Movimento, que está crescendo e em breve revelará novas facetas. Mas você não precisa esperar o ano que vem ou o próximo desenrolar desta história para participar. Pegue o impulso que elas deram e leve em frente.

Projetos Sociais
A corrida reverteu custos para projetos sociais selecionados. Se a causa te sensibilizou, você pode continuar apoiando e se informando sobre este trabalho. A lista de ONGs e Associações apoiadas está no site.

Outras Corridas

A corrida Movimento Pela Mulher está sendo replicada em outras cidades, como é o caso de Bauru com idealizadoras que se associaram ao projeto. Quer levar o Movimento para a sua cidade? Entre em contato através do site.

Leve o Movimento com você
Mais importante de tudo, leve a sensação de empoderamento que vem da linha de chegada e do apoio mútuo dos participantes para seu dia-a-dia. Leve ainda a discussão, o debate e a reflexão da questão de gênero para todos os meses do ano.

05

                                                                              Foto: Guto Gonçalves

Compartilhe nas suas redes sociais!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.