Notícias

Mulheres se unem para expor casos de assédio em Florianópolis

22 de Maio de 2020

Tempo de leitura:2min

Saiu no site GLAMOUR

Veja a publicação original:

 

Uma das hashtags mais comentadas no Twitter na tarde desta sexta-feira (22), a #ExposedFloripa denuncia casos de assédio e abuso contra mulheres em Florianópolis (SC). Segundo o jornal Correio Santa Catarina, o movimento virtual começou quando um rapaz de 19 anos, morador da cidade, compartilhou em suas redes sociais que agrediu um cachorro. A atitude causou muita indignação e foi o estopim para que garotas relatassem abusos praticados pelo jovem do qual elas tinham sido vítimas. Desde então, vários outros relatos, expondo nomes de agressores, foram publicadas usando a hashtag.

Violência doméstica na quarentena (Foto: Getty Images)

 

No total, as publicações já ultrapassam 9 mil tweets, mas o número segue crescendo. A maioria das vítimas sofreu assédio com menos de 18 anos. Um vídeo, publicado na rede social, reune vários relatos e narra como a violência contra a mulher é um ato que não envolve somente violência fisíca, mas sim qualquer forma de constrangimento sobre um indivíduo em situação de inferioridade. O vídeo fala também de como essa é uma violência banalizada. Assita:

O desejo de todas as meninas é que a justiça seja feita e que os agressores não façam mal a outras mulheres e sejam punidos. Aqui, mostramos o tweet que desencadeou os relatos. Mas atenta pois os conteúdos apresentam violência e podem ser um gatilho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *