Notícias

Grupo Imec doa cestas básicas para vítimas de violência doméstica

22 de Maio de 2020

Tempo de leitura:2min

Saiu no site A HORA

Veja a publicação original: Grupo Imec doa cestas básicas para vítimas de violência doméstica

 

Em mais uma ação social em meio à pandemia, o Grupo Imec entregou 50 cestas básicas para a Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher em Lajeado. A ação ocorreu na manhã de hoje, na Delegacia de Polícia Especializada de Atendimento à Mulher.

Além de combater agressões contra mulheres e adotar medidas punitivas ao ofensor, a rede apoia às vítimas com auxílio em necessidades básicas. Em meio à covid-19 e isolamento social, aumentou a vulnerabilidade social as mulheres vítimas de violência doméstica, percebe a oficial do Ministério Público (MP), Carmen Sampaio Spalding.

“Muitas vezes as mulheres precisam sair de casa, às vezes até com os filhos, para fugir da violência . Elas ficam vulneráveis e, por isso, a importância de garantir o básico como um cesta de alimentos”, afirma Carmen.

Delegada Márcia Bernini reforçou a dificuldade das mulheres com o término de um relacionamento abusivo e necessidade de ajuda. Para ela, o fato de uma empresa com o porte do Grupo Imec auxiliar dá visibilidade à campanha da rede. “A gente fica feliz de ver esse engajamento da comunidade”, relata.

Diretor Comercial e Marketing do Grupo Imec, Eneo Karkuchinski, lembrou de outras ações da rede de supermercados, entre elas, a doação de três mil cestas básicas para entidades assistenciais neste mês.

Conforme Karkuchinski, o Grupo Imec entende que é necessário auxiliar as pessoas mais necessitadas e entidades neste momento de impacto financeiro da pandemia. “A gente sabe que muitas pessoas estão carentes. Precisamos ajudar no combate à fome e ficamos gratos em participar de causas que impactam toda a região”, relata.

A entrega das cestas básicas contou ainda com a participação da Sonia Vettorazzi (representando a Casa de Passagem), Cristine Schwertner (Juizado de Violência Doméstica de Lajeado), Andréia Brisolara (Centro de Referência de Atendimento à Mulher), soldados Fabiana Fontoura Trentini e Diane Baumhardt Dornelles (Patrulha Maria da Penha).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *