Quer entrar para a política? Cursos de formação para mulheres ensinam como

Saiu no site UNIVERSA

 

Veja publicação no site original:  Quer entrar para a política? Cursos de formação para mulheres ensinam como

.

As cotas partidárias exigem que os partidos preencham 30% de suas vagas com candidaturas femininas e, desde as eleições de 2018, essa é também uma regra para a divisão do fundo partidário. A norma passou a ser seguida à risca, sob risco de punição — que pode chegar à cassação dos eleitos pela chapa —, assim que começou a tocar no bolso dos partidos.

.

Não à toa, 2018 também foi o ano em que começaram a surgir iniciativas para estimular e ajudar mulheres a entrarem para a vida política: são cursos dos mais variados formatos e temas, que ensinam desde a como filiar-se a um partido até estratégias de campanha e funcionamento das casas legislativas.

.

Doutoranda em ciência política e organizadora de vários cursos de capacitação para mulheres em São Paulo, Hannah Maruci Aflafo é uma das integrantes do Movimento Mais Mulheres na Política. Ela prepara um curso de quatro aulas gratuitas no TCM-SP (Tribunal de Contas do Município de São Paulo), focado na formação de candidatas para as eleições municipais. A previsão é de que seja realizado em abril.

.

“Meu público, até agora, foi predominantemente de mulheres muito desamparadas pelos partidos, tanto em termos de recursos financeiros quanto de informações”, afirma Hannah. “Por isso, percebia que toda informação que não está nos manuais era recebida por elas com muita vontade de entender mais. São os dados não oficiais, que são trocados nos encontros informais dos integrantes dos partidos, dos quais as mulheres estão tradicionalmente excluídas.”

.

Abaixo, listamos alguns cursos de capacitação, iniciativas e campanhas que dividem um mesmo objetivo: aumentar a representação feminina na política. Veja:

.

.

Elas no Poder – online

Plataforma criada em 2018 pela socióloga Karin Vervuurt e a cientista política Letícia Medeiros, oferece orientações para que mulheres consigam criar campanhas mais competitivas, com formação política e técnica e planejamento estratégico. São cursos à distância, vídeos e materiais que podem ser baixados do site do projeto.

.

Mais de 500 mulheres já participaram das capacitações nesses dois anos.

.

.

Iniciativa Brasilianas – São Paulo

De São Paulo, a Iniciativa Brasilianas foi criada também em 2018 por especialistas em políticas públicas e militantes feministas. Oferece cursos de capacitação, faz pesquisas e atua na articulação da Rede Estadual de Mulheres na Política. Atua na capital e em cidades do interior.

.

O próximo evento, um encontro com palestras sobre iniciação na vida pública, será realizado no dia 7 de março na capital paulista e falará sobre funcionamento das instituições políticas e planejamento de pré-campanha.

.

As informações sobre os eventos estão disponíveis no site da Iniciativa Brasilianas.

.

.

Goianas na Urna – Goiás

Primeira escola de formação política para mulheres no estado de Goiás, foi criada logo após as últimas eleições, em dezembro de 2018, por quatro mulheres de diferentes áreas. É bancada por meio de doações.

.

O curso inclui aulas presenciais e online divididas em quatro eixos: desenvolvimento pessoal, conhecimento de campanha, conhecimento político e conhecimento técnico.

.

Os temas vão de marketing pessoal e oratória à dinâmica de partidos políticos e cenário legislativo no Brasil.

.

É possível acompanhar o trabalho da escola e acessar informações sobre os cursos pelo site da iniciativa e pelo perfil no Instagram.

.

.

.

Movimento Elas na Política – Baixada Santista (SP)

Grupo voluntário de mulheres da Baixada Santista, no estado de São Paulo, que organiza ciclos de palestras com o tema “Perspectivas para Mulheres Candidatas em 2020″ e já esteve em diferentes cidades da região.

.

As informações sobre os próximas encontros podem ser acessadas no site do movimento.

.

.

Instituto Política Por.de.para Mulheres – Curitiba

Atualmente uma associação sem fins lucrativos, o instituto foi criado em 2015 pela professora de Direito da UFPR (Universidade Federal do Paraná) Eneida Desiree Salgado e realiza encontros e cursos de iniciação à formação política para mulheres e preparatórios para candidatas, além de lançaram pesquisas sobre o tema.

.

O calendário dos cursos para candidatas de 2020 começará nos dias 20 e 21 de março, na cidade de Guarapuava, a 258km de Curitiba. Entre os temas a serem debatidos estão organização de campanha, prestação de contas e uso do fundo partidário.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Compartilhe nas suas redes sociais!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.