4-61

Nascido no MPSP, projeto de prevenção da violência doméstica vence Selo FBSP

Saiu no site MPSP

 

Veja publicação no site original:  Nascido no MPSP, projeto de prevenção da violência doméstica vence Selo FBSP

.

PVDESF foi reconhecido pelo Fórum Brasileiro de Segurança por caráter inovador

.

O Projeto Prevenção da Violência Doméstica com a Estratégia da Saúde da Família (PVDESF), nascido no Ministério Público de São Paulo, ganhou na última quarta-feira (11/12) o Selo FBSP de Práticas Inovadoras no Enfrentamento à Violência contra as Mulheres. A iniciativa do Fórum Brasileiro de Segurança Pública tem o propósito de reconhecer trabalhos capazes de transformar a vida de pessoas em situação de vulnerabilidade, sistematizando e disseminando o conhecimento produzido por e para profissionais envolvidos com a questão da segurança pública.

.

O PVDESF, idealizado pela promotora de Justiça Fabíola Sucasas, saiu vencedor na Categoria 2, voltada a práticas oriundas do Poder Judiciário, dos Ministérios Públicos e Defensorias Públicas em articulação com órgãos da segurança pública ou outros órgãos do poder público municipal ou estadual e/ou sociedade civil.

.

Premiado pelo Innovare em 2016, o projeto do MPSP já foi levado a diversos municípios do Estado, tendo virado lei em São Paulo, Guarulhos, Bragança Paulista, Itatiba Leme e Ubatuba. O objetivo é prevenir a violência doméstica e familiar contra as mulheres com a atuação da Estratégia Saúde da Família, equipamento da rede básica de saúde, e dos serviços territoriais de atendimento às mulheres. As agentes de saúde fazem uma disseminação de informações para as participantes, a maioria delas dependentes economicamente dos maridos, a fim de que o ciclo de violência seja interrompido. Isso é possível porque a agente de saúde e a equipe da Estratégia Saúde da Família estabelecem um vínculo com as mulheres, que passam a identificar nela o auxílio necessário para se desvencilhar do agressor.

.

O programa conta com apoio do Sebrae-SP, que vem auxiliando as mulheres cadastradas a gerar sua própria renda, potencializando a rede dos territórios onde elas residem. O presidente da entidade, Tirso Meirelles, esteve presente no evento de premiação prestigiando o reconhecimento ao projeto.

.

Além do PVDESF, foram premiadas as seguintes iniciativas: Campanha de combate à importunação sexual do transporte coletivo de Belo Horizonte (MG), Projeto Mulher Livre de Violência (MG), Programa Mulher Protegida (PB), Programa de Pesquisa e Capacitação Continuada dos Policiais Civis do Estado de São Paulo em Feminicídio e a Investigação sob a Perspectiva de Gênero (SP) e Comitê de enfrentamento à violência obstétrica no Amazonas.

.

A solenidade de entrega do prêmio, realizada no Museu da Casa Brasileira, reconheceu o trabalho desenvolvido pelo Centro de Apoio Operacional Cível (CAO Cível) com suporte da Procuradoria-Geral de Justiça, e serviu também para a articulação entre municípios que aderiram ao PVDESF, seja por meio de termos de cooperação ou de ajustamento de conduta.

.

Estiveram presentes os promotores de Justiça Rafael Costa, Fabíola Sucasas, Renata Rivitti, Arthur Lemos, Silvia Chakian, Gabriela Manssur, o secretário de Estado da Segurança Pública, general João Camilo; a secretária municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo, Ana Claudia Carletto; a diretora de Saúde de Guarulhos, Magda Oliveira; a diretora técnica de Saúde de Jacareí, Marilis Cury, a agente comunitária Catarina de Jesus, a coordenadora de Proteção Especial de Leme, Josiane Pietro; e Gabriela Biase Sperandio Rodolfo (representando a diretora de Saúde de Itajobi, Elaine Ruggieri).

.

O PVDESF já contou também com a atuação dos promotores de Justiça Patrícia Dosualdo Pelozo, Carolina Anson, Daniela Romanelli, Gustavo Andreato, Maria Fernanda Balsalobre Pinto e Letícia Sakaue.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Compartilhe nas suas redes sociais!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.