joao-de-deus

Justiça nega prisão domiciliar para João de Deus

Saiu no site JOVEM PAN

 

Veja publicação original:   Justiça nega prisão domiciliar para João de Deus

.

A Justiça de Abadiânia negou mais um pedido de prisão domiciliar de João Teixeira de Faria, o João de Deus. A defesa havia pedido que o médium deixasse o Núcleo de Custódia em Aparecida de Goiânia e cumprisse a prisão preventiva em casa. A juíza Rosângela Rodrigues entendeu que não há fatos novos que justifiquem o Habeas Corpus.

.

João de Deus recebeu centenas de denúncias de abusos sexuais cometidos durante atendimento espiritual. As vítimas prestam depoimento à Justiça e o processo caminha para a conclusão.

.

A promotora que recebeu as denúncias feitas à Justiça de São Paulo espera que o médium seja condenado. Gabriela Mansur ressaltou a gravidade do caso, onde João de Deus se valeu da fé e da última esperança para se aproveitar das vítimas.

.

O médium também recebeu acusações de porte ilegal de armas e tráfico de pessoas. Ele está preso desde dezembro de 2018 e chegou a ser transferido para um hospital de Goiânia, onde ficou internado por mais de 2 meses devido a um aneurisma no abdômen.

.

No dia 12 de julho, João de Deus prestou depoimento em dois processos que é réu. Ele voltou a negar veementemente os abusos sexuais. O médium admitiu a posse de armas, mas disse que não sabia que era crime guardá-las em casa.

.

Esses depoimentos, no entanto, podem ser refeitos porque houve falha no sistema de gravação do Fórum de Abadiânia.

.

.

*Com informações da repórter Nanny Cox

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Compartilhe nas suas redes sociais!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.