FOTO CAPA CURSO

CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA O ATENDIMENTO DO DISQUE PROTEÇÃO MULHER

Nesta segunda-feira, 27/6, no auditório Paulo Kobayashi da Assembleia Legislativa, participamos do curso de Capacitação para o Atendimento do Disque Proteção Mulher.

O evento abordou variados temas, todos envolvendo meios de prevenção e proteção à mulher vítima de violência.

A primeira palestra foi proferida pela coordenadora do Núcleo de Atendimento a Vítimas de Violência Sexual (NAVIS) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), Dra. Ivete Boulos, que falou sobre atendimentos às vítimas e deixou sua mensagem: “Precisamos falar sobre o atendimento às vítimas. A primeira abordagem é muito importante. A postura do profissional é saber ouvir e jamais duvidar, evitar julgamentos e não manifestar valores pessoais.’’

ivete boulos

Dra. Ivete Boulos

A psicóloga Dra. Daniela Pedroso, responsável pelo setor de Psicologia do Ambulatório de Violência Sexual e Aborto, palestrou em seguida sobre o atendimento do Hospital Pérola Byington e serviços que precisam ser oferecidas às vítimas, como, avaliação médica, suporte emocional para superar o trauma e expressar sentimentos relacionados à ocorrência, além de esclarecer quaisquer dúvidas.

daniela pedroso

Dra. Daniela Pedroso

Dra. Mona Zen, da Rede Nacional Feminista, durante sua palestra, relatou que a cada 2 horas uma mulher entra em óbito vítima da violência doméstica no Brasil. Ela explicou que é necessário desconstruir a cultura da violência no país e tirar a mulher do ciclo de violência, para salvar vidas.

A Presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB/SP, Dra. Katia Boulos, abordou temas sobre o trabalho no Combate à Violência Doméstica, valorização da mulher advogada e violência contra as contra as mulheres nas Universidades.
“No Brasil, evoluímos com a Lei Maria da Penha sobre o crime de violência doméstica. Mas a vítima ainda não tem a necessária proteção jurídica e fica desacompanhada sem saber seus direitos.’’, relatou a Dra. Katia Boulos sobre meios de proteção jurídicos à mulher vítima de violência.

katia

Dra. Katia Boulos

katia boulos

Participantes

A Juíza de Direito Dra. Maria Domitila Prado Manssur Domingos, apresentou o Projeto FÊNIX, desenvolvido pela COMESP (Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Poder Judiciário do Estado de São Paulo), que visa a reparação estética dos danos causados pela violência e a recuperação da autoestima de mulheres que sofreram traumas e levam em si marcas e cicatrizes. Elas têm condições e direitos.
A Juíza também fez um pedido para que as mulheres rompam o silêncio e denunciem a violência, para ter atendimento imediato do sistema de Justiça: “Precisamos dar atendimento no pré-processo, no processo e no pós- processo.’’, disse a Dra. Maria Domitila.

domitila manssur

Dra. Maria Domitila Manssur

domitila

Dra. Maria Domitila

O evento também contou com a participação da Dra. Fatima Duarte, que trabalha com atendimento a mulheres deficientes. Com seu projeto e equipe multidisciplinar, Dra. Fatima Duarte transforma a culpa e a cobrança que mulheres deficientes sentem em conhecimentos sobre seus direitos.

A abertura do evento teve a presença da Sra. Mariana Montoro, coordenadora de marketing da Subsecretaria de Comunicação da Casa Civil; Dra. Elisa Lucas Rodrigues, coordenadora estadual de Políticas para População Negra e Indígena; Dra. Rosmary Correa (Delegada Rose), presidente do Conselho Estadual da Condição Feminina; Dr. Cassio Rodrigo, coordenador de Políticas para a Diversidade Sexual; Dra. Janaina Cristina Souza, conselheira do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Condeca); e a coordenadora estadual de Políticas para a Mulher, Dra. Albertina Takiuti.

No final do curso, os participantes receberam um certificado de comparecimento ao evento, assinado pela coordenadora, Albertina Duarte Takiuti.

Compartilhe nas suas redes sociais!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.