T_RC1825893

Aplicativos facilitam socorro a mulheres vítimas de violência; conheça 5 deles

Saiu no site JJ

 

Veja publicação original:  Aplicativos facilitam socorro a mulheres vítimas de violência; conheça 5 deles

.

Por Bárbara Nóbrega Mangieri

.

O Botão de Pânico (que será implantado em Jundiaí a partir do ano que vem; leia matéria completa sobre o assunto clicando aqui) não é a única ferramenta disponível para combater a violência de gênero. A tecnologia caminha a favor das mulheres e vem facilitando o combate ao problema. Conheça 5 aplicativos que podem salvar sua vida:

.

.

Juntas (PLP 2.0)
Através deste aplicativo, mulheres em situação de perigo pode enviar, pelo celular, um pedido de socorro a pessoas previamente cadastradas, que recebem, por mensagem, a exata localização da vítima. Com ele, mulheres expostas à violência doméstica podem construir uma rede pessoal de proteção.

.

.

For You
O aplicativo For You é voltado para adolescentes vítimas do chamado “slut shaming”, discriminação que as mulheres sofrem quando vazam na internet fotos ou vídeos íntimos. O projeto foi desenvolvido por seis adolescentes de 16 anos para acolher essas meninas. Na ferramenta, há espaço para conhecer e conversar com outras vítimas.

.

.

bSafe
Na luta contra o estupro e o abuso sexual, o bSafe conta com ativação de alarmes por controles de voz, transmissão ao vivo e gravação de áudio e vídeo automáticas caso a mulher sinta-se em situação de risco. Um outro recurso interessante da ferramenta é o envio da localização em tempo real para os “guardiões” designados caso o botão de SOS seja ativado.

.

.

Mete a colher
A premissa do Mete a Colher é combater a violência doméstica por meio da sororidade. Numa comunidade do aplicativo, usuárias se conectam para trocar experiências, encorajando uma as outrasa saírem de situações abusivas.

.

.

Safetipin
Com o Safetipin, é possível acompanhar o percurso de uma pessoa em tempo real, além de conseguir ver as rotas mais bem avaliadas em questão de segurança durante o deslocamento. Informações oferecidas pelo aplicativo incluem, por exemplo, se uma rua é mal iluminada ou pouco movimentada, sugerindo uma rota menos perigosa para tentativas de assédio.

 

 

 

 

 

 

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Compartilhe nas suas redes sociais!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.