karen-carney-jogadora-do-time-feminino-do-chelsea-1539892062535_615x300

Ameaça de estupro e morte a jogadora do Chelsea acende alerta na Inglaterra

Saiu no site UOL ESPORTE

 

Veja publicação original:  Ameaça de estupro e morte a jogadora do Chelsea acende alerta na Inglaterra

.

Depois de fazer o gol da vitória do Chelsea sobre a Fiorentina na Liga dos Campeões feminina, a meia Karen Carney recebeu pelo menos uma ameaça de morte e estupro em sua conta do Instagram.

.

“De quantas chances vocês precisam para marcar no segundo tempo, vadias estúpidas? Eu espero que você tenha câncer e leucemia, e espero que alguém te estupre até a morte”, escreveu o usuário “dzo09″, que teve o perfil deletado na rede social.

.

Phil Neville, técnico da seleção feminina da Inglaterra, se mostrou indignado com o que viu. “Uma mensagem enviada a uma das minhas atletas ontem à noite. Absolutamente vergonhoso. Instagram, você vai fazer algo sobre isso?”, publicou o ex-jogador de Manchester United, Everton e seleção inglesa.

.

Considerando a foto usada pelo autor da ameaça e a primeira parte da mensagem, deduz-se que a pessoa em questão fosse um homem torcedor do Chelsea. A FA (Football Association), entidade que rege o futebol inglês, já emitiu nota.

.

“Estamos chocados e desanimados com o abuso dirigido a Karen Carney nas redes sociais. A FA leva este assunto extremamente a sério e estamos oferecendo total apoio a Karen. O abuso a jogadores nas redes sociais é uma preocupação séria”, diz o texto.

.

A FA fez um apelo à polícia e às próprias redes sociais para que façam tudo o que puderem para reduzir este problema. O Instagram afirma ter deletado o perfil do usuário por não tolerar “ameaças ou comportamento abusivo”.

.

“Nós encorajamos todos os que virem este tipo de conteúdo a denunciarem”, completou a rede social. O Chelsea enviou um comunicado à imprensa local na tarde desta quinta (18). “Este tipo de abuso é repugnante e totalmente inaceitável”, lamentou o clube.

.

Em maio deste ano, o projeto “Women in Football” (Mulheres no Futebol) publicou um relatório que aponta que os casos de assédio sexual e discriminação na Inglaterra subiram quase 400% nesta temporada (2017/2018) em comparação com a anterior.

.

Ataques especificamente realizados em redes sociais cresceram 285,4% no mesmo período, segundo o documento. A meio-campista Karen Carney tem 31 anos e é capitã do time feminino do Chelsea desde setembro, quando comemorou a nomeação.

.

A atleta já disputou 133 partidas com a camisa da seleção inglesa. A vitória sobre a Fiorentina foi válida pelo jogo de ida das oitavas de final da Champions feminina. A volta acontece em 31 de outubro.

 

 

 

 

 

.

.

.

.

.

.

.

Compartilhe nas suas redes sociais!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.