HOME

Home

Maria da Penha protegerá mulheres trans: ‘Decisão fundamental e atrasada’

Saiu no Universa

Leia a Publicação Original

Criada em 2006, a Lei Maria da Penha surgiu para proteger mulheres de atos de violência doméstica. Mas até a última terça-feira (5), após uma votação unânime no STJ (Superior Tribunal de Justiça) as mulheres transsexuais não tinham garantido por lei o direito a proteção da mesma maneira que mulheres cisgênero, ficando a cargo da interpretação do juiz. “A decisão vem para coroar as nossas lutas, algo que reivindicamos há muito tempo, que é o fim da violência. É mais um instrumento para usarmos quando houver violação de nossos direitos”, diz Keila Simpson, presidente da Antra (Associação Nacional de Travestis e Transsexuais). Segundo ela, a partir de agora será possível contabilizar… –

Leia a Matéria Completa Aqui!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

HOME