HOME

Home

Especialistas cobram plano estadual e recursos para combater feminicídio no Acre

Saiu no Câmara de Notícias

Leia a Publicação Original

Especialistas ouvidas pela Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados nesta terça-feira (7) cobraram um plano do governo estadual e mais recursos para combater o feminicídio no Acre.

O debate foi proposto pelo deputado Leo de Brito (PT-AC). Ele cita dados do Monitor da Violência, uma parceria do site G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da USP e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, mostrando que o Acre tem a maior taxa de homicídios contra mulheres e de feminicídios do País. Os números utilizados no estudo são casos registrados em 2018 e 2019.

O parlamentar apontou o desmonte de políticas públicas transversais de proteção para as mulheres no governo federal e a redução no orçamento para essas políticas.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Leia a Matéria Completa Aqui!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

HOME