HOME

Home

2021 foi um ano de muitas novidades e vitórias para o Projeto Justiceiras

2021 foi um ano de muitas novidades e vitórias para o Projeto Justiceiras: encerramos com a felicidade de ter ajudado milhares de brasileiras; com gratidão pelas voluntárias que tornaram tudo isso possível; e com esperança de um 2022 com mais equidade e mais respeito às mulheres.

Confira alguns dos momentos mais memoráveis de 2021:

🎂 1 ano de Justiceiras! Nosso primeiro aniversário teve como marco o número de 5,3 mil voluntárias e 4,2 mil vítimas atendidas até 31 de março.

🔎 Criminalização do stalking (perseguição), por qualquer meio, com pena de reclusão de seis meses a dois anos, além do pagamento de multa. A Lei 14.132/21.

📕Em junho, foi sancionada a Lei 14.164/21, que inclui conteúdo sobre prevenção à violência contra a mulher nos currículos da educação básica. Agora, todas as instituições públicas e privadas de ensino terão, anualmente, a Semana Escolar de Combate à Violência contra a Mulher.

🔴Já a sanção da Lei 14.188/21 estabelece o programa Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica como medida de combate e prevenção à violência doméstica e familiar contra a mulher. Além disso, tipifica a VIOLÊNCIA PSICOLÓGICA e qualifica a lesão corporal simples como lesão corporal em razão do gênero.

🗳Com a Lei 14.192/21, sancionada em agosto, a violência política contra as mulheres vira crime. A legislação tipifica o crime, estabelece formas de combate e punição, garante espaço para as mulheres nos debates eleitorais e também trata dos crimes de divulgação de informações falsas no período das campanhas.

🎀 Lançamento do Políticas de Saia, um levantamento inédito e muito necessário sobre o cenário político que as mulheres enfrentam. O projeto reúne as experiências de eleitoras, eleitas e candidatas no Brasil e está aberto até outubro de 2022. Com essas respostas, poderemos traçar mais estratégias para combater a violência política contra as mulheres. Afinal, lugar de mulher é onde ela quiser.

🥇 Vencedoras do prêmio do CNMP.

🏅 Finalista do prêmio UOL Mulheres Inspiradoras.

⚖ Em novembro, a Lei Mari Ferrer (14.245/21), que protege durante julgamentos a integridade física e psicológica da vítima de crime sexual.

🥇Vencedoras do prêmio do CNJ.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

HOME