sem título

Três meses antes de ser atropelada por marido, jovem protestou contra violência sofrida por amiga em Barretos, SP

Saiu no site G1:

 

Veja publicação original: Três meses antes de ser atropelada por marido, jovem protestou contra violência sofrida por amiga em Barretos, SP

.

Letícia Pierini está internada em estado grave na Santa Casa. Amiga dela há 18 anos, a secretária Thainá Cristina foi esfaqueada pelo ex-namorado em março deste ano; suspeito foi preso.

.

Três meses antes de ser atropelada pelo marido em Barretos (SP), a jovem Letícia Pierini, de 26 anos, compartilhou nas redes sociais um post de repúdio contra o ataque sofrido por uma das melhores amigas, a secretária Thainá Cristina, esfaqueada pelo ex-namorado.

.

Thainá ainda se recupera dos ferimentos causados. O suspeito, Evandro Morelli, foi preso no fim de junho e responde por tentativa de homicídio triplamente qualificado.

.

Já Letícia está internada há uma semana na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Barretos. Segundo o irmão da jovem, a moto em que ela estava foi atingida pelo carro do marido, quando ela seguia para a casa da mãe, onde morava há menos de uma semana após ter deixado o companheiro, viciado em drogas.

.

Letícia Pierini está internada na Santa Casa de Barretos, SP (Foto: Reprodução/Facebook)

Letícia Pierini está internada na Santa Casa de Barretos, SP (Foto: Reprodução/Facebook)

.

.

Amigas vivem o mesmo drama

.

A secretária afirma que nunca pensou que a amiga pudesse estar na mesma situação. Thainá e Letícia são amigas há 18 anos e as duas costumam conversar por telefone. Um dia antes de sofrer o acidente, Thainá recebeu uma ligação da jovem e percebeu que ela estava um pouco apreensiva.

.

“A Letícia me ligou para saber como eu estava e eu disse que sentia muitas dores, que estava tomando os remédios, mas melhorando. Ela perguntou se eu estava morando com a minha mãe e percebi que estava querendo perguntar algo, mas acabou não dizendo nada sobre o que estava acontecendo”, diz.

.

.

Thainá Cristina espera que o ex-namorado seja preso em Barretos, SP (Foto: Reprodução/EPTV)Thainá Cristina espera que o ex-namorado seja preso em Barretos, SP (Foto: Reprodução/EPTV)

.

A secretária afirma que ficou arrasada ao saber do acidente e diz que o trauma causado por esse tipo de violência abala a vítima e os familiares.

.

“Fiquei revoltada, pois ela é uma pessoa muito boa. Até quando isso vai acontecer? Até parece que agredir mulher virou moda. Se as leis no Brasil fossem mais fortes, esse homem já estaria preso.”

.

Thainá continua a recuperação e ainda sente dores nas quatro costelas fraturadas durante as agressões cometidas pelo ex-namorado. As câmeras de segurança do escritório, onde ela trabalhava, registraram o crime. A jovem foi esfaqueada no pulmão e no estômago.

.

“A dor maior é na alma, maior do que a dor no corpo. O trauma que fica é o mais difícil”, diz..

.

.

Thainá é esfaqueada pelo suspeito de capacete na imobiliária em Barretos, SP (Foto: Reprodução/Câmeras de segurança)

Thainá é esfaqueada pelo suspeito de capacete na imobiliária em Barretos, SP (Foto: Reprodução/Câmeras de segurança)

.
.
.

Família preocupada

.

O caso de Letícia foi registrado como lesão corporal culposa, mas o delegado Antônio Alício Simões Júnior o encaminhou para a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), que deverá tratá-lo como tentativa de feminicídio. A reviravolta ocorreu por causa do depoimento da mãe da jovem, que acusou o genro de homicídio. O suspeito, no entanto, ainda não foi ouvido.

.

A família de Letícia diz viver momentos de preocupação e apreensão. O irmão dela, Marcos Rogério da Silva Pierini, diz que a vítima tem medo e que não quer ficar sozinha no hospital. Nesta terça-feira (10), ela deve passar por uma cirurgia na mandíbula.

.

Marcos conta que o cunhado é usuário de cocaína e que Letícia começou a falar sobre o assunto há pouco tempo.

.

“Ninguém sabia o que acontecia, pois ela escondia que ele era usuário de drogas. No início deste ano, ele começou a usar mais, minha irmã cansou e pediu a separação. Ele não aceitou e fez isso com ela”, afirma.

.

Por segurança, apenas os familiares estão autorizados a visitar Letícia no hospital. A família espera que o suspeito seja preso. “Estamos vivendo um momento dramático. É revoltante, mas vamos deixar na mão da Justiça.”

.

.

Familiares dizem que Letícia está com medo do marido, em Barretos, SP (Foto: Arquivo pessoal/Divulgação)

Familiares dizem que Letícia está com medo do marido, em Barretos, SP (Foto: Arquivo pessoal/Divulgação)

.

.

.

.

.

.

.

.

 

Compartilhe nas suas redes sociais!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.