4107_d009_02797_r3

Sofia Coppola faz versão feminista de clássico dos anos 1970 em seu novo filme

Saiu no site REVISTA MARIE CLAIRE:

 

Veja publicação original: Sofia Coppola faz versão feminista de clássico dos anos 1970 em seu novo filme

 

Um homem preso num internato com mulheres atraentes. Paraíso masculino? Sofia Coppola o transforma em pesadelo em seu novo filme, “O Estranho que Nós Amamos”, com Nicole Kidman, Kirsten Dunst e Elle Fanning

 

A atmosfera é de conto de fadas, mas o novo filme de Sofia Coppola, O Estranho que Nós Amamos, está mais para um suspense, quase terror. Durante a Guerra de Secessão, Martha (Nicole Kidman) mantém um internato para meninas no sul dos Estados Unidos, onde ela e Edwina (Kirsten Dunst) educam cinco meninas meio apáticas, até o dia em que a jovem Amy (Oona Laurence) encontra o soldado John McBurney (Colin Farrell) ferido na floresta e o leva para a casa.

O Estranho que Nós Amamos (Foto: Divulgação)

Por um sentimento “cristão”, Martha permite que McBurney fique até se recuperar, o que altera o clima, criando uma tensão sexual entre ele, a assertiva Martha, a entediada Edwina e a atrevida Alicia (Elle Fanning). Mas o que parece ser um paraíso masculino se torna um pesadelo (para ele) _e paremos por aqui para não estragar a surpresa. Baseado num livro de Thomas P. Cullinan, O Estranho que Nós Amamos teve uma primeira adaptação para o cinema em 1971, com Clint Eastwood no papel principal. A versão que rendeu a Sofia o prêmio de melhor direção no Festival de Cannes neste ano ganha olhar feminista, no qual o personagem masculino acaba preso a uma situação completamente fora de seu controle.

Confira o trailer de O Estranho que Nós Amamos

 

 

Confira abaixo outras estreias imperdíveis no cinema este mês:

Malasartes e o Duelo com a Morte (Foto: Divulgação)

#TombandoAMorte Em Malasartes e o Duelo com a Morte, do diretor Paulo Morelli, o trapaceiro Malasartes (Jesuíta Barbosa) é escolhido para ceifar vidas após a Morte (Julio Andrade) decidir se aposentar. O anti-herói também enfrenta o dilema entre ser livre e se comprometer com Aurea (Isis Valverde). Estreia dia 10. Thiago Baltazar

Loira atômica (Foto: Divulgação)

#HajaFôlego Loira atômica, título em inglês de Atômica, é perfeito para descrever a personagem de Charlize Theron neste filme, no qual ela é uma espiã sexy e perigosa, que enfrenta brutamontes e sobrevive a todo tipo de violência para cumprir uma missão impossível. Estreia dia 30.

Valerian e a Cidade dos Mil Planetas (Foto: Divulgação)

#RihannaNoEspaço Do francês Luc Besson, Valerian e a Cidade dos Mil Planetas traz Valerian (Dane DeHaan) e Laureline (Cara Delevingne) como agentes intergalácticos que embarcam numa missão para proteger uma cidade espacial. Adaptação de uma HQ, o filme tem Rihanna no elenco. Estreia dia 10. Thiago Baltazar

 

 

Compartilhe nas suas redes sociais!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.