Woman's hand showing gesture STOP

PL propõe incentivo fiscal a quem empregar mulher vítima de agressão

Saiu no site METRÓPOLES

 

Veja publicação original:  PL propõe incentivo fiscal a quem empregar mulher vítima de agressão

.

Proposta é do deputado federal Coronel Márcio Tadeu, que quer o engajamento de empresários no combate à violência contra mulheres

.

Por Carlos Estênio Brasilino

.

onceder incentivo fiscal para empresas que contratarem mulheres que tenham sido vítimas de agressão. Esta é a ideia de um projeto de lei (PL) sugerido pelo deputado federal Coronel Márcio Tadeu (PSL-SP), que, segundo ele, objetiva chamar atenção para a questão da violência e dar maiores oportunidades para a mulher no mercado de trabalho.

.

A proposta do parlamentar, que será apresentada na Câmara nesta semana, funcionaria assim: o empresário que contratar uma mulher vítima de violência teria 20% de desconto nos tributos recolhidos sobre o salário a ser pago a esta funcionária.

.

Esse benefício seria concedido desde que a agressão sofrida pela trabalhadora tenha sido comprovada em processo julgado em primeira instância.

.

O incentivo fiscal ao empregador se daria no caso de contratação de novas funcionárias e pelo prazo de dois anos a partir da data de admissão na empresa.

.

“Dessa forma, o Estado fornece um estímulo a mais para fomentar o engajamento de empresários e da sociedade civil na difusão simbólica de uma mensagem contrária à prática de violência contra as mulheres”, explica o parlamentar.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

 

 

Compartilhe nas suas redes sociais!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.