UN_Women_Portuguese_Blue_TransparentBackground_site

ONU Mulheres seleciona, até 1/2, consultoria técnica para diagnóstico de segurança da plataforma UNA

Saiu no site ONU MULHERES

 

Veja publicação original:  ONU Mulheres seleciona, até 1/2, consultoria técnica para diagnóstico de segurança da plataforma UNA

.

Acesse: termo de referência | formulário P 11

.

A ONU Mulheres Brasil torna público o processo seletivo para a contratação de consultoria técnica para diagnóstico de segurança da plataforma UNA. As pessoas interessadas deverão encaminhar a documentação solicitada no termo de referência, com atenção ao formulário P11  e proposta financeira até as 23h59 de 1 de fevereiro de 2019, especificando no assunto da mensagem: “Consultor/a Local – Segurança – Plataforma UNA.

.

São conhecimentos obrigatórios: fluência em Português e Bacharelado em Sistemas da Informação, Ciências da Computação ou áreas similares. São desejáveis: formação em segurança da informação; 6 anos de experiência em segurança da informação e programação de sistemas web (HTML, JavaScript, PHP, Laravel, MySQL) e experiência profissional e/ou acadêmica com temas relacionadas a promoção da igualdade de gênero, raça e etnia e empoderamento das mulheres.

.

A pessoa contratada trabalhar na identificação de vulnerabilidades e elaboração de um diagnóstico da segurança dos códigos e do banco de dados da Plataforma UNA (www.u1na.org), bem como propor soluções para os problemas identificados. São outras atividades relacionadas: analisar as tecnologias utilizadas no desenvolvimento de front end e back end; analisar o código da plataforma UNA e banco de dados; analisar a infraestrutura contratada para hospedagem do sistema; identificar e Analisar as vulnerabilidades do sistema (Código e Banco de dados) que podem ser exploradas para acesso não autirizado aos seus dados; e elaborar recomendações para solucionar os problemas identificados.

.

Dado o grande número de candidaturas recebidas, somente as candidaturas selecionadas para a cada fase serão notificadas. Para promover a diversidade, a ONU Mulheres incentiva a candidatura de mulheres, negras e negros, indígenas, pessoas vivendo com HIV/AIDS e portadoras ou portadores de deficiências.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

 

 

Compartilhe nas suas redes sociais!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.