04

Monólogos mostram sua força

Saiu no site O TEMPO

 

Veja publicação original: Monólogos mostram sua força

.

Entre esta sexta-feira (11) e domingo (13), 45ª Campanha de Popularização tem boas opções para adultos e crianças

.

Por Gustavo Rocha

.

Dois monólogos estão entre os destaques da programação da Campanha de Popularização do Teatro e Dança neste fim de semana. O premiado “Peixes”, de Ana Régis, se apresenta no Teatro de Bolso do Sesiminas, e “Sapato Bicolor”, com Fabiano Persi e direção de Polyana Horta, está em cartaz no Teatro Marília.

.

“Peixes” toma a história de uma personagem fictícia para lançar luz sobre a violência doméstica sofrida por milhões de mulheres brasileiras diariamente. A professora Cláudia – personagem central da trama – decide romper o ciclo de violência que a ronda. Ela é tratada como louca e acaba em um manicômio. Emulando uma consulta médica, de maneira não linear, a peça conta histórias reais, anônimas ou não, de várias mulheres que passam por situações parecidas. “Quando as pessoas veem essa situação no teatro, é diferente das estatísticas, das notícias de jornal. Ao fim do espetáculo, eu sempre falo que são histórias reais, e isso costuma chocar parte do público. Por outro lado, algumas mulheres falam comigo que a peça é a história da vida delas. Também é uma forma de sentir que meu trabalho é mais útil. Eu estava me sentindo muito impotente, mas fico contente por fazer parte deste lugar político que o teatro tem assumido em Belo Horizonte”, comenta Ana, que venceu na categoria melhor atriz a edição 2018 do Prêmio Sinparc.

.

Já “Sapato Bicolor” narra as memórias de um engraxate e sua relação indissociável dos bailes de Soul Music. A dança e a música são seu alento. Se na rotina da vida “real”, o engraxate passa desapercebido por uma sociedade desigual, na pista de dança, ele demonstra seu orgulho e sua vontade de seguir adiante.

.

Além dos dois, o público pode conferir o espetáculo “Um Pouco de Ar, Por Favor”, da Trupe Pierrot Lunar, que se apresenta no CCBB. Com direção de Chico Pelúcio, a peça discorre sobre o desejo de mudança, de alento novo, de uma nova esperança, representado por um novo fôlego, em tempos tão difíceis, como os vividos hoje no Brasil.

.

Infantil. A programação infantil também oferece dois bons espetáculos para os pequenos. “A Festa do Pijama”, do Grupo Oriundo, é um divertido musical que trata do universo lúdico infantil e suas relações afetivas. A peça, dirigida por Anna Campos e Antonio Hildebrando, tem como principal força a trilha sonora composta por Tatá Santana. O grupo pede ao público que compareça de pijama para participar efetivamente da festa que o espetáculo propõe. O espetáculo se apresenta no Teatro Francisco Nunes.

.

No espaço cultural Itaú Power Shopping, em Contagem, o grupo Giramundo apresenta sua versão do clássico “Pedro e o Lobo”, de Prokofiev. No original, o compositor russo busca compartilhar a estrutura elementar de uma orquestra com as crianças. Na escolha dos bonecos, o Giramundo optou pela marionete a fio por sua ampla gama de movimentos que proporciona grande possibilidade de expressão. A montagem do Giramundo é dirigida por Beatriz Apocalypse.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

 

 

Compartilhe nas suas redes sociais!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.