feminismo-amor-960x480

AS FEMINISTAS TAMBÉM AMAM

Desculpem o textão, mas… sobre alguns comentários e artigos que li ontem….. Quem disse que vc não pode ser feminista e princesa? Ou, princesa e feminista?

 

75177dba-725c-4eba-b4b3-58404a91d347
.

.

Quem disse que vc não pode abrir mão de algumas coisas por amor, e mesmo assim, continuar com suas próprias escolhas, sonhos, ideias, estilo de vida? Eu fiz isso, por amor, e continuo feminista. E feliz.

.

No começo, o mundo via Diana como princesa. Depois como ativista, feminista, fashionista e uma mulher que mudou a forma de enxergarmos o mundo, principalmente o mundo das princesas: somos todas de carne, osso e alma. Fez toda a diferença: “a princesa do Povo”. Meghan já é feminista e agora, princesa. Por que não? Vai abrir mão de algumas coisas, claro, mas não vai desistir da sua autonomia. E ela já deixou bem claro isso ontem: um coral exclusivamente composto por cantores negros em seu casamento (ou vocês acham que essa iniciativa surgiu de outra pessoa? ). Chegou apenas com sua mãe (negra) ao casamento, caminhou sozinha até a porta da igreja, não declarou votos de obediência ao marido. Isso não é ser feminista? Se ela se apaixonou por um príncipe, que já demonstrou publicamente que a apoia e respeita (legado da mãe feminista, claro), sorte da Meghan. Nós, feministas, também temos o direito de sermos felizes na nossa vida amorosa. Será que não da para conciliar? Deveríamos sim, comemorar o fato de uma feminista negra ter chegado à realeza. Importante espaço para TODAS nós. Da uma sensação de que….Yes, we can do it! Se você acha que Meghan está lá só para tomar o chá das 5, ledo engano.

.

.
Que tal pararmos de colocar rótulos em nós mesmas? Isso enfraquece a nossa luta. Alias, deveríamos estar todas do mesmo lado, respeitando nossas diferenças e escolhas.

.

.
Vou te contar uma coisa: Ninguém nunca vai deixar de ser feminista. Eu mesma já fiz o teste: impossível. Temos o espírito livre de quem não aceita normas convencionais, desigualdades e injustiças. Mas, asseguro que as feministas também amam, e muito. Estamos cheias de amor pra dar. Bom domingo.

 

 

 

.

.

.

.

.

.

Compartilhe nas suas redes sociais!
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.